Seguidores

♥ CONVITE ♥

Amigos,seguidores e visitantes que entram todos os dias nesse blog,eu gostaria de convida-los e incentiva-los a colocar seus pedidos de oração nessa caixa de texto que está aí ao lado.Sabemos que a oração de um justo pode muito em seus efeitos porque a poderosa palavra de Deus nos afirma isso,e nós levamos a sério o nosso compromisso de orar por você,por sua família,por suas causas,temos uma equipe de intercessores que estarão fazendo isso todos os dias, se você ficar constrangido em colocar a causa aqui apenas coloque seu nome e peça oração e se Deus assim te direcionar nos mande pelo e-mail a causa especifica. Acredite Deus nos dará VITÓRIA.
Nosso e-mail: ass5dejulho@hotmail.com

Todos os dias você separa um tempo para o seu devocional?

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Prosperidade 2




PROSPERIDADE NÃO É SINÔNIMO DE RIQUEZA MATERIAL



Em tempos de crise, o atendimento às necessidades materiais se torna 
um assunto prioritário. Afinal, queremos garantir nosso sustento e
sobrevivência. Queremos também conforto e todo tipo de satisfação
pessoal. Queremos ter um ótimo emprego. Mas, que tal termos nosso
próprio negócio? Melhor ainda. Tudo isso é permitido. Não existe
nenhum pecado em todos esses desejos, desde que estejamos dispostos
a trilhar caminhos direitos para alcançarmos o que desejamos.
Entretanto, muitos têm anunciado o evangelho como se este fosse um
meio para se alcançar riqueza. Chegam a dizer que todo cristão deve
ser rico e, se for pobre, é porque está em pecado ou sob maldição.

Vejo essa "teologia da prosperidade" como fruto da mentalidade
capitalista que tem dominado o mundo, entrando, inclusive, em muitas
igrejas. Muitos pregadores apresentam esse "evangelho" através de
uma linha de raciocínio aparentemente lógica. Afirmam que, se Deus é
rei, então seus filhos devem ter o que de melhor existe no mundo. Se
ele é o dono do ouro e da prata (Ag.2.8), então os cristãos também
devem ter muito ouro e muita prata. Segundo essa falsa tese, o
supremo poder de Deus estaria a nosso serviço para nos dar tudo o
que desejamos. Mas... quem é o Senhor? Nós? Não!

Precisamos perguntar como Paulo: "Senhor, que queres que eu faça?"
(At.9.6). Temos uma lista de pedidos para Deus. Algumas pessoas tem
uma lista de ordens, chegando a "determinar" que Deus faça uma série
de coisas. Quem somos nós para determinar alguma coisa para Deus?
Será que já cumprimos tudo o que ele determinou que fizéssemos?
Imagine um servo que, ao invés de fazer o serviço, está dando ordens
para o dono da casa. Podemos e devemos apresentar nossos pedidos
diante do Senhor, mas nunca ordens nem determinações. Isso seria um
atrevimento, uma falta de respeito diante de Deus.

Se o evangelho for garantia de riqueza material, então sabemos que
Jesus não conheceu esse evangelho. Ele não tinha nem lugar de
reclinar a cabeça (Mt.8.20). Alguém pode alegar que Jesus sofreu
porque era necessário, mas que a nossa situação é diferente. Então,
examinemos a vida dos discípulos e veremos que nenhum deles conheceu
esse "evangelho" da riqueza e plena satisfação pessoal nesta vida.
Pelo contrário, Jesus lhes disse: "No mundo tereis aflições, mas
tende bom ânimo, eu venci o mundo." (João 16.33). "Quem quiser vir
após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me." (Lc.9.23).
Ele nunca disse que seus seguidores seriam materialmente ricos. Pelo
contrário: "Quem não renuncia a tudo quanto possui não pode ser meu
discípulo." (Lc.14.33). O seguidor de Cristo precisa estar disposto
a perder tudo o que tem, se preciso for, e até mesmo ser morto pela
causa do Mestre. "Quem perder a sua vida, acha-la-á." (Mt.10.39).

Isso não combina em nada com o "evangelho da prosperidade". Jesus e
os discípulos não eram ricos. Quando precisou pagar o imposto, Jesus
mandou que Pedro fosse buscar a moeda na boca do peixe (e nem teve
troco). O apóstolo Paulo também não conheceu essa "teologia
capitalista". Ele sofreu muito e passou por muitas necessidades (II
Cor.6.10; 11.24-33). Algumas vezes precisou de auxílio dos irmãos
(Fp. 4.10-19).

Esse tipo de ensinamento materialista tem, em muitos casos,
substituído a mensagem de salvação. Fala-se mais em dinheiro do que
em pecado e santidade. E muitas vezes, os assuntos são entrelaçados,
colocando-se o dinheiro sempre em evidência. O dinheiro é
importante, precisamos dele e da bênção de Deus nessa área.
Contribuir para a obra de Deus é também muito importante. O erro
está em colocar a prosperidade material como conseqüência lógica da
conversão. Isso não é um ensinamento bíblico.

Deus pode dar e tem dado riqueza material para alguns (I Tm.6.17),
mas ele nunca disse que todos os seus filhos seriam ricos. Se a
bíblia não tem essa promessa, então não podemos considerar como
certa essa conquista. Isso pode fazer parte do plano do Senhor para
algumas pessoas, mas não para todas. Lembremos-nos da parábola dos
talentos. Aquele senhor deu 500 talentos para cada servo??? Sabemos
que não. Ele deu 5 para um, 2 para outro e 1 para o último, mandando
que eles trabalhassem até a sua volta. O Senhor distribui bens,
oportunidades, recursos e dons de acordo com a capacidade de cada
um. O Senhor nos manda trabalhar e adquirir conhecimento e sabedoria
(Pv.2). Assim, nossa capacidade pode aumentar e os nossos talentos
também. Se queremos prosperar, devemos trabalhar. (Ef.4.28). Deus
nos deu 5 talentos. Queremos mais? Devemos trabalhar. Algumas
pessoas jamais poderão ser ricas pois não tem condições de
administrar um grande patrimônio. Se enriquecessem, poderiam até
abandonar o caminho do Senhor. Paulo disse que os que querem ser
ricos caem em tentações, laços e concupiscências (I Tm.6.5-11).
Entre os tais encontram-se aqueles que usam o evangelho como forma
de enriquecimento.

Anísio Renato de Andrade

2 Comments:

said...

Vim visitar esse espaço lindo que aprendi a amar!!! Continuo contando com sua intercessão!!!

Ao toque do Amor said...

Olá, irmãos!
boa tarde
Vim, fazer uma visita e deixar registrado que o nosso Deus é Maravilhoso e Fiel.Ele operou um milagre na vida do meu esposo. Depois de ter tido uma parada cardiaca, 1 enfarte e ter enfrentado uma cirurgia p/ colocar 2 pontes de safena e 1 mamaria, logo logo receberá alta.
Bem..vim, oferecer o cartão de natal do toque e tambem o cartão que fiz p/ homenagear todos os meus seguidores.
Na paz
san

 
Voltar